Carreira internacional: skills buscadas por empresas do exterior

Entenda mais sobre as principais habilidades buscadas por empresas no exterior quando se trata de contratar talentos de tecnologia

O sonho de trilhar uma carreira profissional no exterior está cada vez mais próximo daqueles que atuam no mercado de tecnologia. Empresas estrangeiras estão buscando incessantemente por talentos e a demanda é tão grande que os profissionais nativos não conseguem superá-la. E assim, abrem-se as portas para que brasileiros realizem o desejo de uma carreira internacional.

Esta não é a primeira vez que falamos sobre isso aqui no blog da Kodus, e nem será a última. Isso porque as empresas estrangeiras estão ultrapassando as fronteiras geográficas e garantindo aos profissionais a oportunidade de fazer parte de negócios internacionais de onde quer que você esteja no mundo. 

Investir em uma carreira internacional em tecnologia tem inúmeras vantagens, que vão muito além da amplitude de mercado. No entanto, é necessário estar muito bem preparado para este desafio, pois muitos processos seletivos acontecem de modo diferente do que estamos acostumados no Brasil.

O contraste entre o recrutamento nacional e o internacional não se encontra apenas na estrutura dos processos, mas também na análise dos perfis profissionais. A avaliação dos candidatos acontece de forma diferente e, por exemplo, critérios que não são levados em consideração por recrutadores brasileiros, passam a ser imprescindíveis no exterior e vice-versa.

Neste conteúdo você entenderá um pouco mais sobre as principais habilidades buscadas por empresas no exterior quando se trata de contratar talentos de tecnologia brasileiros e, assim, pode se preparar melhor para as futuras oportunidades. Continue a leitura para saber mais!

Carreiras mais buscadas por empresas estrangeiras

Antes de adentrarmos nos pontos principais deste conteúdo, é válido entender quais perfis profissionais estão sendo mais requisitados por empresas estrangeiras. Assim, conhecendo as melhores oportunidades, você pode analisar e estruturar melhor todos os seus objetivos relacionados à carreira internacional. 

Grande parte das vagas, e oportunidades de modo geral, se concentram no setor de desenvolvimento de software, engenharia de dados e perfis de liderança, situação que se assemelha ao cenário brasileiro. 

Pessoas desenvolvedoras, web ou mobile e de todas as stacks (front-end, back-end e full-stack), têm grandes chances de sucesso quando se trata de oportunidades no exterior. Para além do desenvolvimento e engenharia de dados, quando se trata de times ágeis, as empresas também buscam profissionais que atuam na área de gestão de produtos e líderes de tecnologia (Tech Leads e CTO’s).

Quais habilidades para uma carreira internacional?

Partindo para o assunto principal deste artigo, vamos agora entender quais são as soft skills mais requisitadas por empresas internacionais quando se trata de profissionais de tecnologia.

Vale ressaltar que a maior parte das oportunidades fora do Brasil são direcionadas aos talentos de tecnologia de nível sênior, pois o nivelamento de experiências segue critérios diferentes daqueles que estamos acostumados no cenário nacional. Mas, isso não significa que profissionais de nível pleno não possam encontrar bons desafios de acordo com as suas habilidades.

Resolução de problemas, produtividade e proatividade

Uma das skills mais importantes para talentos que desejam ingressar em uma carreira internacional é a proatividade e autonomia para executar tarefas que demandam um maior desafio e para lidar com as mais diversas situações problema que podem surgir no dia a dia. Quanto mais praticidade você tem para executar suas atividades e ainda assim garantir bons resultados, mais sucesso você obterá dentro da empresa. 

Há um tempo atrás, li um conteúdo sobre este assunto e o que me chamou atenção foi o fato de o autor abordar que o nosso “jeitinho brasileiro” só funciona aqui, com brasileiros mesmo, e que nas demais culturas isso não é visto com bons olhos. 

Portanto, não importa muito quantas horas você está trabalhando, mas sim o quanto você está sendo produtivo e realizando entregas de qualidade. 

Boa comunicação

Uma das principais barreiras que impedem muitos talentos de tentarem uma carreira internacional é o domínio de um segundo idioma. Mas, é preciso entender que se comunicar bem vai muito além de falar como um nativo. 

Empresas que expandiram as suas fronteiras já estão habituadas aos mais diversos sotaques, ou pelo menos deveriam estar, e quase nunca exigirão uma certificação de fluência no idioma utilizado no dia a dia, principalmente o inglês. 

Quando se trata de comunicação, o mais importante no dia a dia em uma empresa estrangeira é o quanto você consegue compreender e ser compreendido pela sua equipe e os demais colaboradores ou líderes. Com o tempo, você vai se habituando aos diferentes sotaques, vocabulários, entre outras especificidades.

Formação

Diferentemente do Brasil, que não exige uma graduação para atuar como profissional da tecnologia, no exterior o ensino superior tem uma grande importância no currículo. Você não precisa ser necessariamente formado na área de tecnologia, mas o fato de ter um conhecimento superior mostra que você valoriza a sua educação e se dedica para tal. 

E é claro que se profissionalizar na sua área de atuação em tecnologia é essencial. Por isso, invista em bons cursos e mantenha-se atualizado, afinal, o setor de tecnologia está em constante mudança e sempre aparecem inovações que impactam a sua carreira. 

Dicas para quem busca uma carreira internacional

Agora que você já sabe um pouco mais sobre as principais skills desejadas em profissionais que buscam oportunidades internacionais, é hora de entender por onde começar a se preparar para esta mudança de carreira. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas que podem te ajudar a dar o pontapé inicial. Confira:

Planeje antes

Além de saber para onde você deseja ir, em qual empresa deseja trabalhar, entre outras tarefas importantes relacionadas ao seu planejamento de carreira para oportunidades internacionais, é importante que você se consolide no mercado de trabalho.

Uma forma de garantir experiência e ainda aumentar as chances de conquistar uma oportunidade internacional em tecnologia é através de empresas multinacionais. Através delas, você consegue desenvolver conexões com profissionais de outros países e até mesmo ser transferido para outros países. 

Construa seu networking 

E por falar em criar conexões, não há como deixar de abordar o quanto é importante que você construa a sua rede de networking. Afinal, quem não é visto, não é lembrado, certo?

Oportunidades internacionais podem surgir através de indicações ou de divulgações, por exemplo. Por isso, invista em construir uma boa relação com seus colegas de profissão, frequentar eventos e, principalmente, conversar com as pessoas e divulgar seu trabalho. 

Quanto mais contatos você tem, mais facilmente fica sabendo de oportunidades que podem ser do seu interesse. 

Invista em especialização

O diferencial sempre contará muitos pontos para a sua carreira. Não seja um profissional “mais do mesmo”, principalmente se você busca por vagas no exterior. 

Diferentemente do Brasil, empresas internacionais valorizam muito os cursos de graduação na área de tecnologia, ainda mais quando eles vêm acompanhados de especializações e certificações posteriores. O foco deve ser se tornar um profissional especialista e não mais generalista, estando sempre alinhado com as evoluções do mercado de TI. 

O que mais você pode fazer?

Além das dicas trazidas aqui, existem outros hacks importantes para que você consiga ingressar na sua primeira oportunidade internacional em tecnologia. Por isso, temos um conteúdo especial onde falamos com mais detalhes sobre o assunto e trazemos mais informações essenciais. Para conferir, basta clicar aqui.

Compartilhar:

Camila
Último artigo
O que é lifelong learning e como se manter efetivo com essa prática
Próximo artigo
Hard Skills e Soft Skills: o que são e quais as suas diferenças?