10 melhores frameworks de back-end para desenvolver aplicativos

Elencamos os frameworks de back-end que mais se destacam no mercado de tecnologia e que podem te ajudar no dia a dia como desenvolvedor.

A imagem mostra duas telas de computador com vários códigos, durante o desenvolvimento de uma aplicação com o auxílio de frameworks back-end

O desenvolvimento back-end para aplicativos é uma tarefa complexa e desafiadora que exige tempo e esforço. No entanto, existem várias estruturas de back-end disponíveis que podem facilitar a vida dos desenvolvedores. Neste artigo, vamos explorar os 10 melhores frameworks de back-end para o desenvolvimento de aplicativos.

1. Express.js

O Express.js é uma das estruturas de back-end mais populares usadas por desenvolvedores em todo o mundo. É conhecido por sua simplicidade e flexibilidade, permitindo que os desenvolvedores criem aplicativos robustos com facilidade. Além disso, o Express.js tem uma grande comunidade de desenvolvedores e oferece suporte a uma ampla variedade de recursos.

2. Django

O Django é um framework full-stack com uma ótima estrutura de back-end de código aberto escrita em Python. É conhecido por sua facilidade de uso e é amplamente utilizado para desenvolver aplicativos de alta qualidade. O framework oferece uma ampla gama de recursos, incluindo autenticação de usuário, administração de conteúdo e roteamento de URL.

3. Ruby on Rails

O Ruby on Rails é um framework full-stack com uma boa estrutura para back-end popular escrita em Ruby. Assim como as tecnologias anteriores, é flexível e de fácil utilização. O Ruby on Rails tem uma grande comunidade de desenvolvedores e oferece uma ampla gama de recursos, incluindo integração de banco de dados, autenticação de usuário e roteamento de URL.

4. Laravel

O Laravel é uma estrutura de back-end popular com recursos full-stack escrita em PHP. Esta tecnologia back-end oferece recursos poderosos, como migrações de banco de dados, autenticação de usuário e roteamento de URL.

5. Spring Boot

O Spring Boot é uma estrutura de back-end escrita em Java que oferece uma grande variedade de recursos, incluindo segurança, gerenciamento de configuração e gerenciamento de dependência.

6. Flask

O Flask é um framework full-stack com boa estrutura de back-end escrita em Python. É considerado um framework simples e de fácil utilização, mas que ainda assim possui diversos recursos interessantes, incluindo integração de banco de dados, autenticação de usuário e roteamento de URL.

7. Nest.js

O Nest.js é uma estrutura de back-end escrita em TypeScript que oferece recursos poderosos, como autenticação de usuário, integração de banco de dados e roteamento de URL.

8. ASP.NET Core

O ASP.NET Core é uma estrutura de back-end escrita em C# que possui algumas particularidades que podem auxiliar o desenvolvimento de softwares, como segurança, gerenciamento de configuração e gerenciamento de dependência.

9. AdonisJS

O AdonisJS é uma estrutura de back-end escrita em JavaScript. Apesar de simples, este framework oferece recursos poderosos, como migrações de banco de dados, autenticação de usuário e roteamento de URL.

10. FastAPI

O FastAPI é uma estrutura de back-end escrita em Python. É conhecido por sua alta velocidade e facilidade de uso. O FastAPI possui particularidades interessantes, como geração automática de documentação, validação de dados e suporte a WebSocket.

 

Ao escolher frameworks de back-end para o desenvolvimento de aplicativos, é importante considerar a linguagem de programação e os recursos necessários para o seu projeto. Além disso, a documentação e a comunidade de desenvolvedores do framework também são fatores importantes a serem considerados.

Compartilhar:

Camila
Último artigo
Já sou desenvolvedor sênior, e agora? Quais as possibilidades?
Próximo artigo
Síndrome do impostor em desenvolvedores: como superar?