Índice:

Criando uma cultura remota eficiente em um time de tecnologia

Índice:

Já sabemos o quanto as culturas organizacionais estão se modificando dentro das startups e scale-ups, trazendo consigo a necessidade de encurtar cada vez mais as distâncias entre os talentos, o time de tecnologia, as empresas e os próprios consumidores. E não associar isso tudo à constante transformação digital na qual vivemos e que torna a criação de uma cultura remota cada vez mais eficiente. 

A cada dia que passa, ressignificamos o conceito de que os colaboradores só são produtivos quando executam as suas atividades no escritório da empresa, o tão conhecido (e agora questionado) trabalho presencial, e isso não passa de um grande mito! 

A necessidade de manter os talentos atuando de suas próprias casas devido ao contexto de crise sanitária, no qual ainda estamos vivendo, funcionou também como prova de que não somente o trabalho, mas a consolidação de uma cultura remota fosse algo possível e capaz de agregar valores tanto aos colaboradores como à própria organização. 

No entanto, desenvolver e consolidar esta cultura remota não é algo simples de se realizar e é nesse momento em que as empresas encontram diversos desafios, como a falta de entrosamento nos times, a dificuldade de manter uma rotina e um ambiente saudável e as frequentes falhas na comunicação entre os times. 

Pensando em como você pode ultrapassar estes obstáculos, aqui estão algumas dicas de como criar uma cultura remota eficiente em um time de tecnologia. Continue a leitura para saber mais!

Prezar por uma boa comunicação

Pode até parecer óbvio, mas a chave para garantir a eficiência em equipes remotas está, com certeza, em prezar por uma comunicação clara, sem ruídos e acessível a todos. Seja direto naquilo que você deseja comunicar à sua equipe e instrua as lideranças a fazerem o mesmo, isso dá a você a garantia de que não existam desvios de interpretação das mensagens. 

E por falar em mensagens, invista em plataformas e ferramentas capazes de suprir as necessidades de comunicação no dia a dia e una tudo isso a um pensamento assíncrono. 

E o que significa pensar de modo assíncrono? Vou explicar agora!

Quando estamos lidando com equipes remotas, primeiro precisamos entender que não há como controlar totalmente a disponibilidade dos membros. Ou seja, nem sempre toda a equipe estará disponível para atender às suas demandas ao mesmo tempo devido a uma série de fatores, que vão desde a flexibilidade de horários até uma possível instabilidade de conexão com a internet. 

Isso significa que a comunicação do seu time não deve se limitar à interações instantâneas, onde todos precisam estar conectados ao mesmo tempo, o que acontece quando realizamos vídeo chamadas e ligações de modo geral. Isso não quer dizer que este tipo de interação está proibido na cultura remota, apenas que ele não deve ser a principal forma de transmitir informações.

No lugar destas reuniões e chamadas, invista em uma boa plataforma de comunicação por texto que, além de não necessitar um sincronismo, impede que as ideias e discussões importantes se percam, já que por mensagem, tudo ficará registrado.

Saber designar tarefas para o seu time de tecnologia

Para manter o alinhamento da equipe é necessário que as lideranças sejam específicas ao designar tarefas. Dessa forma, é possível garantir o alinhamento entre os membros do time, fazendo com que todos tenham uma visão única do projeto, além de mitigar danos como a sobrecarga de diversos colaboradores e problemas ainda maiores como um burnout coletivo. 

Não basta apenas distribuir atividades à equipe sem antes acompanhar a evolução e o dia a dia dos membros, sem microgerenciar, é claro. Dessa forma, fique atento aos resultados alcançados e deixe todo o time a par das situações, instrua seus líderes a darem bons feedbacks aos demais colaboradores e também incentive o oposto: mostre que a liderança sempre estará aberta a críticas construtivas, que farão toda a diferença na evolução do seu time de tecnologia.

Empatia e apoio das lideranças

Por mais que o conceito de trabalho remoto seja diferente do home office, muita gente ainda se questiona se o fato de trabalharmos longe do escritório não faz com que nosso dia a dia seja muito solitário, principalmente quando estamos em casa. 

E, para que este questionamento não passe de um dos diversos mitos relacionados ao trabalho remoto, é preciso que os gestores exercitem cada vez mais a empatia e ofereçam apoio aos talentos do time. As lideranças da sua startup ou scale-up devem dar bons exemplos aos demais colaboradores e se mostrarem dispostas a ouvir através de coletas de feedback (que já mencionei anteriormente) e também de dinâmicas regulares de one on ones. 

O apoio aos membros também pode vir de outras formas, como através de bonificações e dinâmicas de integração. Afinal, não é porque estamos distantes fisicamente que somos impedidos de estreitar os laços com nossos colegas de equipe. Por último, mas não menos importante, é válido pensar em fornecer um programa de assistência psicológica aos membros como uma forma de benefício.

Publicado por:
Compartilhe:

Conheça a Kody, sua nova gerente de projetos com IA!

Posts relacionados

work in progress (wip)

O Work in Progress (WIP) é um conceito crucial em metodologias ágeis e gerenciamento de projetos. Refere-se à quantidade de trabalho que está sendo realizado, mas ainda não foi concluído.

estimando com story points

Estimativas precisas são a base para um bom planejamento em projetos de software. Os Story Points tornaram-se a unidade padrão de estimativa, proporcionando uma abordagem mais flexível e adaptável ao

planejamento da sprint

O planejamento de sprint é um elemento essencial para o sucesso das equipes que adotam metodologias ágeis, como Scrum. É o ponto de partida para definir as metas claras e