Índice:

KPIs no desenvolvimento de software: quais acompanhar em 2024

Índice:

Implementar KPI de desenvolvimento de software são fundamentais para verificar se a empresa está ou não no caminho certo para o crescimento. Esses indicadores de desempenho mensuráveis são bastante conhecidos já que indicam se o seu negócio está ou não atingindo as metas pré-estabelecidas seja a médio ou a longo prazo.

Também chamados de Key Performance Indicators, esse tipo de métrica é muito importante pois ajuda a liderança de uma empresa a saber em quais pontos é preciso melhorar ou quais aspectos sua startup possui como destaque diante dos concorrentes.

Por meio dos KPI de desenvolvimento de software, todos os profissionais conhecem e tornam-se envolvidos nos objetivos da empresa, a fim de alinhar os esforços em torno das estratégias estabelecidas pelos gestores de ti. De acordo com os resultados apontados nos indicadores, é possível quantificar o desempenho do seu negócio e ainda auxiliar os colaboradores a entender o quanto suas atividades contribuem para o sucesso desses números.

Além disso, é importante ressaltar que cada empresa pode acompanhar indicadores específicos para seu tipo de negócio, seja ela startup de tecnologia, marketing ou financeira. Por conta disso, não existe um padrão de quais ou quantos indicadores precisam ser seguidos. Cabe à liderança da empresa definir as melhores métricas e metas a serem atingidas. No entanto, é preciso que você esteja ciente de que escolher os KPI errados para sua startup pode trazer uma falsa sensação de crescimento ou até mesmo de estagnação que podem não condizer com a realidade.

Qual a importância dos KPIs e porquê utilizá-los?

Como dito anteriormente, diversas áreas podem utilizar esses indicadores, sendo que são fundamentais para toda e qualquer empresa que busca um crescimento organizado, consciente e de forma ágil. Por facilitar a medição de desempenho dos processos, a partir das informações coletadas durante semanas torna-se mais simples corrigir alguns gaps que possam vir a aparecer.

A principal importância relacionada aos KPI de desenvolvimento de software encontra-se no aumento da comunicação e da transparência entre colaboradores e liderança de tecnologia. Dessa forma, é possível definir objetivos claros para cada setor da equipe sobre o que precisa ser feito para alcançar um projeto ideal no final, além, é claro, de conseguir monitorar se tudo está sendo feito como planejado.

Dentro de qualquer empresa, quantificar e qualificar seus processos, suas atividades e suas operações é a melhor forma de conseguir entregar um produto que agregue valor ao mercado, no qual o cliente se sinta satisfeito e volte a procurar sua empresa para projetos futuros. Dessa forma, isso aumenta ainda mais a importância de se utilizar KPIs.

Os resultados da implementação de KPI de desenvolvimento de software são voltados para médio e longo prazo. Após um certo período de tempo, benefícios como melhor qualidade nas entregas e o aumento da produtividade e do desempenho dos colaboradores serão facilmente notados e suas metas ficarão mais fáceis de serem atingidas.

Como definir um bom KPI de desenvolvimento de software?

Antes de iniciar um planejamento para formulação dos melhores KPI de desenvolvimento de software que sua empresa precisa analisar, é preciso começar entendendo quais são os objetivos da sua startup e como será feito o planejamento para que sejam alcançados. Além disso, é muito importante que as metas estejam bem definidas e que toda a equipe esteja ciente do que cada profissional precisa fazer para alcançá-las.

Para que isso seja possível, dedique-se a ouvir feedbacks de pessoas que já trabalharam com esses indicadores e busque conhecimento por meio de leituras mais especializadas sobre o assunto. Dessa forma, você consegue dominar tudo o que os KPI podem oferecer e repassar estars informações com segurança para todo o time de desenvolvimento.

Após a definição, faça a análise de quais indicadores fazem mais sentido para sua startup. Isso pode variar bastante de acordo com o porte da empresa, já que equipes maiores exigem mais atribuições e exigências. Sendo assim, é importante analisar com bastante atenção algumas características que servem para definir um bom KPI de desenvolvimento de software.

A primeira delas é a relevância. Escolha indicadores que mostrem números relevantes e que realmente indicam resultados. Durante a análise você vai se deparar com uma série de aspectos que poderiam ser metrificados, porém, faça uma ordem de relevância entre eles e escolha apenas os principais.

Já a segunda característica fundamental é a periodicidade dos números. Um KPI de desenvolvimento de software precisa ser medido de forma constante, seja semanal ou mensalmente, por exemplo. Por isso, verifique onde há periodicidade na sua startup em relação ao números e adicione entre os primeiros indicadores na ordem de relevância.

Quais são os principais KPIs de desenvolvimento de software?

Durante a produção e o planejamento do desenvolvimento de algum software, a utilização de KPIs é fundamental para que haja um bom acompanhamento de resultados. Devido à ocorrência de falhas, erros e bugs que podem acontecer (até mesmo com frequência) e para facilitar o trabalho da equipe de tecnologia, metrificar essas quantidades é importante para saber como lidar com problemas técnicos e também para servir como base para projetos futuros. Por isso também é importante que seja feito um monitoramento constante.

Confira a lista a seguir com alguns dos KPI mais utilizados em empresas de tecnologia e desenvolvimento de software:

  1. Tempo de entrega de projetos: O tempo de entrega de projetos é um indicador essencial para medir a eficiência e previsibilidade do processo de desenvolvimento. Ele avalia o tempo necessário para concluir o projeto, desde o início até a entrega final. Controlar esse KPI ajuda a garantir que os prazos sejam cumpridos e permite identificar gargalos no processo.
  2. Número de bugs apresentados no sistema: Este indicador mede a quantidade de erros ou falhas encontradas no software durante o seu desenvolvimento. Um número baixo de bugs indica uma alta qualidade do software e proporciona uma melhor experiência ao usuário. Monitorar esse KPI permite identificar problemas e corrigi-los antes que afetem a qualidade final do produto.
  3. Work In Progress (WIP): O WIP, ou Work In Progress, refere-se ao número de tarefas em andamento no processo de desenvolvimento. Acompanhar o WIP permite identificar a eficiência do processo e garantir que as entregas sejam realizadas no prazo estipulado. Manter o WIP sob controle ajuda a evitar atrasos e a melhorar a organização do projeto.
  4. Tempo de ciclo: O tempo de ciclo é o tempo necessário para completar uma tarefa, desde o início até a conclusão. Esse KPI é importante para medir a eficiência do processo de desenvolvimento e identificar oportunidades de melhoria. Otimizar o tempo de ciclo contribui para a melhoria da velocidade das entregas e a eficiência do projeto.
  5. Velocidade das sprints: A velocidade das sprints é um indicador importante para medir a agilidade e eficiência do processo de desenvolvimento. Monitorar a velocidade das sprints permite identificar se o time está trabalhando de forma eficaz e se as entregas estão sendo realizadas no prazo estabelecido.
  6. Taxa de retrabalho: A taxa de retrabalho é um indicador que mede a quantidade de tarefas que precisam ser refeitas devido a erros ou falhas. Um alto índice de retrabalho pode indicar problemas no processo de desenvolvimento e afetar a qualidade do software. Monitorar a taxa de retrabalho é fundamental para identificar oportunidades de melhoria no processo e garantir a qualidade final do produto.

O processo de análise e acompanhamento em equipe

Assim como qualquer tipo de métrica, analisar e comparar os KPI que você escolheu implementar no seu negócio pode fazer com que sua startup evolua. Isso acontece porque, com essa análise mais aprofundada de como anda sua equipe de desenvolvimento, as tomadas de decisão são mais fáceis de serem executadas pela liderança de tecnologia, principalmente quanto os índices estiverem abaixo do esperado.

Por conta disso não utilize os KPIs apenas para manter uma organização sobre como andam as coisas mas, sobretudo, para executar planos de ação caso algo esteja totalmente fora do padrão ou do esperado. Além disso, realizar esse acompanhamento em equipe permite que todos os envolvidos na empresa saibam onde estão errando e o que precisam melhorar, além, é claro, de mostrar transparência por parte da empresa com os colaboradores.

Publicado por:
Compartilhe:

Conheça a Kody, sua nova gerente de projetos com IA!

Posts relacionados

Refinamento de backlog, também conhecido como grooming, é uma parte vital do desenvolvimento ágil. Basicamente, trata-se de revisar e priorizar os itens do backlog do produto, garantindo que as histórias

medir deployment frequency

Você já se perguntou quantas vezes sua equipe de desenvolvimento faz deploy de código em produção? A resposta a essa pergunta é conhecida como “deployment frequency” (frequência de deploy). Esse

cultura developer experience

A developer experience (DX) é um fator crucial para a produtividade e satisfação dos desenvolvedores. Uma cultura focada na DX não só melhora a moral da equipe, mas também resulta